Eventos

IV Seminário Brasil-Colômbia de Estudos e Práticas de Compreensão reúne pesquisadores nacionais e estrangeiros na Universidade Metodista em novembro

cartaz (1)

Dimas A. Künsch  (PPGCOM Umesp)
Mateus Yuri Passos (PPGCOM Umesp)
Raúl Osorio Vargas (Facultad de Comunicaciones – UdeA)
Roberto Chiachiri (Cátedra Unesco-Metodista de Comunicação)
Coordenadores do evento

Não é porque no Brasil e no mundo do ano de 2019 os discursos de ódio proliferam como erva daninha que o grupo de pesquisa Da Compreensão como Método resolveu de repente levantar a bandeira da compreensão, tanto no campo da pesquisa e do conhecimento quanto da ética e das relações entre as pessoas, os grupos, as nações.

A conjuntura nacional parece de fato que pede, exige, grita por formas mais compreensivas, dialógicas e ecológicas de comportamento, de conhecimento e de ação política e cidadã, mas não é de agora a preocupação do grupo de pesquisa com o tema da compreensão. 

O IV Seminário Brasil-Colômbia de Estudos e Prática de Compreensão é parte de uma tradição que começou mais de dez anos atrás, com a criação do grupo de pesquisa, e que teve, entre os seus momentos mais importantes nesse período, a realização do I Seminário de Estudos e Práticas de Compreensão, em 2015, do II Seminário, em 2016, e do III Seminário, em 2017, todos com o apoio da Fapesp.

A quarta edição do Seminário acontece de 11 a 14 de novembro de 2019 na Universidade Metodista de São Paulo, em São Bernardo do Campo, SP. A conferência de abertura (noite do dia 12 de novembro), em espanhol, tem por título “O romance histórico: aproximações pessoais”, estando a cargo do premiado escritor colombiano Pablo Montoya. 

 

Taxa de inscrição

A inscrição para participação com apresentação de trabalhos se dá a partir do envio de um resumo expandido por meio do sistema eletrônico do evento. As propostas serão avaliadas pelos membros do conselho científico do evento e poderão ser aceitas, aceitas condicionalmente (correções obrigatórias) ou rejeitadas. As propostas aceitas devem ser desenvolvidas na forma de artigos ou ensaios.

Autores de trabalhos aceitos devem realizar pagamento de inscrição até o dia 10 de outubro de 2019. Os demais participantes podem fazê-lo até o dia 31 de outubro de 2019. 

Os valores são de R$ 45,00 para graduandos e graduados e de R$ 75,00 para mestrandos, mestres, doutorandos e doutores. 

Para graduandos e graduados das universidades Metodista e de Antioquia, o valor é de R$ 25,00, enquanto mestrandos, mestres, doutorandos e doutores contribuem com R$ 50,00. 

Os mesmos valores aplicáveis às duas universidades serão cobrados do pessoal das equipes de trabalho. As informações sobre o pagamento estão disponíveis na página do evento.

Podem submeter trabalhos pesquisadores de todos os estágios da vida acadêmica – graduandos, graduandos, pós-graduandos, mestres e doutores –, em autoria individual ou coletiva.

 

Submissão de trabalhos

São três os eixos temáticos ao redor dos quais se organizam as mesas de apresentação de trabalhos, nos dias 13 e 14 de novembro: 

1) Eixo temático I: “Literatura, arte e compreensão”; 

2) Eixo temático II: “Jornalismo, dialogia e compreensão”; 

3) Eixo temático III: “Pensar e agir com o signo da compreensão”. 

A programação provisória do evento pode ser acessada aqui

 

A data final para o envio do resumo expandido é o dia 8 de setembro de 2019. Aqui você encontra o template do resumo expandido. Os trabalhos aceitos deverão ser enviados, em forma de artigo/ensaio completo até o dia 21 de outubro de 2019, de acordo com o template disponibilizado na página do evento.

 

Certificados

Têm direito a certificado de apresentação de trabalho e/ou de participação no evento os inscritos que, tendo pago a inscrição, comprovarem, por meio de assinatura, a participação em pelo menos duas sessões inteiras de apresentação de trabalhos.  

O IV Seminário de Estudos e Práticas de Compreensão / II Colóquio Internacional de Estudos Literários (GEL) é uma iniciativa conjunta da Universidade Metodista de São Paulo e da Universidade de Antioquia, da Colômbia, no contexto do intercâmbio acadêmico-científico entre as duas instituições superiores de ensino. A Cátedra Unesco/Metodista integra o trio das instituições organizadoras do IV Seminário.

Confira abaixo os eixos temáticos do IV Seminário e suas respectivas ementas:

 

EIXO TEMÁTICO I: “LITERATURA, ARTE E COMPREENSÃO”

Ementa: Desde tempos imemoriais, em conjugação com as religiões e os mitos ou de forma autônoma, as artes – música, literatura, narrativa audiovisual, artes visuais, artes performáticas – têm sido um importante campo de construção de conhecimento e leitura de mundo. Assim, a partir de sensibilidades individuais e coletivas, apresentam organizações estéticas e narrativas que buscam compreender processos regionais, nacionais e transnacionais e os modos como esses processos impactam novas estruturas de pensamento e novos marcos mundiais de ação, assim como a afirmação de identidades culturais, religiosas, étnicas, territoriais e de gênero.

Palavras-chave: Narrativa. Estética. Hermenêutica. Identidade. Territorialidade. Glocalização.

 

EIXO TEMÁTICO II: “JORNALISMO, DIALOGIA E COMPREENSÃO”

Ementa: Este eixo temático se debruça sobre as interfaces entre jornalismo e compreensão, abarcando três frentes principais de trabalho: 1) a do jornalismo enquanto campo de construção de conhecimento, ao compreender as atividades de apuração e redação jornalística enquanto modalidades de interpretação e atribuição de sentido à realidade; 2) a da pluralidade de vozes sociais no jornalismo, da representação de diferentes formas de conhecimento e visões de mundo; 3) a da promoção da empatia e da alteridade por meio de narrativas jornalísticas.

Palavras-chave: Jornalismo e compreensão. Jornalismo literário. Jornalismo humanitário. Reportagem. Dialogismo. Polifonia.

 

EIXO TEMÁTICO III: “PENSAR E AGIR COM O SIGNO DA COMPREENSÃO”

Ementa: O pensar com o signo da compreensão reúne trabalhos de natureza predominantemente teórica e epistemológica, enquanto o agir compreensivo convoca para o campo de uma ética fundadora de práticas que promovem a solidariedade e a paz, a democracia e a justiça social. O pensar e o agir compreensivos dialogam com as incertezas da vida e da história, com a complementaridade dos opostos, com a compreensão do erro e da própria incompreensão. Compreender, abraçar, incluir, integrar no pensamento e na ação compreensiva significa buscar instituir um princípio conversacional, dialógico e não violento em todo lugar onde o argumento da força proclama o domínio da violência contra o outro.

Palavras-chave: Teoria da compreensão. Prática da compreensão.

Ecologia de saberes. Epistemologias do Sul.  Democracia cognitiva. Diálogo social.

Textos de apoio sobre a epistemologia da compreensão podem ser acessados aqui.

cartaz-1-766x1083

Comunicado importante aos autores e autoras

Eventos
Screen Shot 2019-05-19 at 5.35.52 PM

Grupo de Pesquisa “Da compreensão como método” lança dossiês sobre o Pensar e o Agir compreensivos

Pesquisas Revistas